Entendendo a diferença entre solidão e solitude

Autoestima e julgamentos
outubro 19, 2020
Relacionamento amoroso na quarentena e seus desafios
outubro 19, 2020
Exibir tudo

Entendendo a diferença entre solidão e solitude

 

 

Solitude é quando você fica bem quando você está só no seu mundinho, sabe aquele momento seu? Aquele momento em que você se vê só com você mesmo, que você se vê jogado no sofá, escutando uma música que só você curte, vendo um filme ou fazendo algo que você gosta, mas sem ninguém por perto. Então, nesses momentos, você pode perceber se isso te machuca ou te conforta, se você fica bem sozinho ou se isso te causa alguma tristeza.

Quando sentimos e estamos em solitude, o fato de estar sozinho, não nos causa tristeza, muito pelo contrário, nos causa bem-estar, porque entendemos que esse momento só,  é tão importante pra gente, assim como os momentos em que compartilhamos com as pessoas que são importantes para nós.

A solitude te eleva pra cima, já a solidão te puxa para baixo, porque a sensação de solidão faz com que a gente entenda que sempre necessitamos estar em companhia de outras pessoas, e quando isso não acontece sentimos uma certa tristeza, pode trazer até mesmo a sensação de abandono, de não pertencimento, e isso reflete diretamente na nossa autoestima.

Claro que não podemos levar a solitude ao extremo, somos seres sociais e ninguém vive sozinho, mas você precisa aprender a lidar com o fato de estar sozinhos em alguns momentos na sua vida, a questão é que você não pode ser dependente emocional  de outas pessoas.

O melhor termômetro para você avaliar essa questão é perceber como você se sente em momentos que está só e como você se sente em momentos que está rodeado de amigos, ou com alguma pessoa.

Quando você está sozinho é ruim ou é bom? É um momento de tristeza? Ou um momento em que você aproveita a sua companhia e faz coisas boas pra você? Lembrando que algumas vezes, mesmo rodeado de amigos podemos ainda assim sentir solidão.

Então, o ideal é ter um equilíbrio emocional, para que a gente se sinta bem, estando sozinhos ou acompanhados, e isso acontece quando estamos de bem com nós mesmos, bem resolvidos emocionalmente, com nossa autoestima boa,  e assim podemos nos sentir plenos, e até a nossa energia muda, e então isso reflete positivamente nas nossas relações com os outros.

Estar consigo significa estar em contato permanente com sua essência, é gostar de você, é cuidar de você, e todos esses fatores fazem com que suas relações com o próximo também sejam cada vez melhores, mais leves e saudáveis.

 

Karina Winck.

Psicóloga Clínica

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *